jusbrasil.com.br
2 de Agosto de 2021

Como fugir do golpe do consórcio contemplado?

O comércio de cotas contempladas cresce a cada dia no Brasil, por isso é preciso cautela para não cair em um golpe ou perder dinheiro na negociação. Antes de fazer qualquer negócio ou procurar algo, você precisa saber de alguns detalhes importantes.

Consórcio Digital
Publicado por Consórcio Digital
há 4 meses

“Fiz o acerto com a empresa onde trabalho, e usei todo dinheiro que recebi para um consórcio que na verdade não existia.”

O comércio de cotas contempladas cresce a cada dia no Brasil, é preciso cautela para não cair em um golpe ou perder dinheiro na negociação, antes de fazer qualquer negócio ou procurar algo, você precisa saber de alguns detalhes importantes.

O Banco Central do Brasil, entidade que regula e fiscaliza as administradoras de consórcio, prevê e autoriza a venda de consórcio contemplado. No entanto, são muito comuns os golpes envolvendo a venda de consórcio contemplado.

7 Cuidados para não cair no golpe do consórcio contemplado.

1. Não acredite em negócio fácil. É querendo se dar de bem rápido ou levar vantagem que muitos acabam caindo em golpes. Se estão vendendo o consórcio por um valor muito abaixo do que realmente vale no mercado, o seu sinal de alerta deve ser ligado, pois muito provavelmente trata-se de um golpe.

2. Certifique-se que a administradora existe e é devidamente autorizada pelo Banco Central, clicando aqui , converse com alguém que já fez consórcio nesta empresa.

3. A venda do consórcio contemplado só pode ser feita sob autorização do dono do consórcio, verifique a documentação se o mesmo assinou os termos, verifique a documentação se a carta de crédito está de fato contemplada, com o informativo da assembleia que consta a contemplação.

4.A transferência só é efetuada com a anuência da administradora que fará uma análise crédito do comprador e pode exigir outras garantias para efetuar a transferência, verifique as condições para transferência antes de comprar a cota contemplada.

5.Assine o contrato de transferência de cota e reconheça firma do vendedor e comprador.

6.Verifique se os documentos são verdadeiros e se a carta de crédito já foi comercializada, ligue na administradora ou para o próprio dono da carta de crédito e verifique tais informações.

7. Caso tenha qualquer dúvida ou deseje mais informações, entre em contato com a ABAC.

Alguns golpes são bem comuns:

Venda de cota contemplada que já foi vendida, neste caso o vendedor duplica os termos de transferências e vende o mesmo consórcio contemplado várias vezes, a primeira pessoa que transfere fica com o consórcio, as demais perde o dinheiro.

Venda de consórcio não contemplado como contemplado, neste caso o vendedor pede um valor antecipado afirmando que o consórcio está contemplado, mas na verdade não está, o cliente paga o valor e quando verifica comprou um consórcio comum.

Venda de consórcio que não existe, neste caso a administradora não existe, nem o consórcio, toda a documentação é falsa.

Será que o consórcio contemplado é a única opção e o melhor negócio? Milhares de consorciados adquirem de forma rápida seus bens, sem precisarem correr esse risco entrando em grupos de consórcio bem selecionados.

0 Comentários

Faça um comentário construtivo para esse documento.

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)